I don’t wanna be fashion, I wanna be cool!!!

jeans e camiseta

Please allow me introduce myself…  Muito prazer pitanguetes! Pra quem não me conhece, eu me chamo Julia, sou prima da Camila e a partir de hoje, a convite dela, devo aparecer por aqui de vez em quando pra dar meus pitacos.

A princípio a Cah me chamou pra falar um pouco sobre moda, já que trabalho na área. Mas aí fiquei pensando, pensando e sei lá, cheguei à conclusão de que com tantas revistas, sites e blogs falando do assunto por aí, qualquer coisa que eu dissesse aqui seria chover no molhado. Além do mais, eu tenho um certo bode dessa ditadura da moda, sabe? Porque acho que o bacana nessa história toda é a diversidade, é a expressão da personalidade através da imagem, a mensagem que a gente transmite com nossas escolhas. E é aí que a história das tendências me tira do sério. Afinal, usando a mesma saia mullet, o mesmo sneaker, o mesmo maxicolar que todo mundo usa, do jeito que todo mundo usa, o que eu tenho de novo a dizer???

Por isso decidi, ao invés de moda, falar um pouco sobre estilo, que eu acho que é a salvação da humanidade nessa massificação fashion de hoje. Eu não quero ser fashion, eu quero ser cool, descolada e estilosa!

Mas afinal, qual é a diferença? Pra ilustrar o que eu quero dizer, pensei num exemplo bem bobo, mas que resume bem essa história: lembra da época do colégio, em que a gente tinha que usar aqueles uniformes horrorosos, que a gente odiava com todas as forças? Pois é, todo mundo igual, com a mesma roupa, da mesma corzzzzzzzz… Bocejos!  Agora, lembra daquela menina que todo mundo queria ser? Lembra como ela, mesmo usando esse mesmo uniforme, parecia mais bonita, mais interessante, mais… mais? Não sei se era o jeito que ela prendia o cabelo, se eram as pulseiras ou o jeito como ela dobrava a barra da calça, se era a camiseta dela que ficava mais justinha que a nossa.  A única coisa que eu sei é que, bem ou mal, todo mundo falava dela, todo mundo notava, todo mundo tinha uma opinião a respeito.

Deu pra entender? Enquanto as tendências uniformizam, o estilo diferencia as pessoas. É aquele tchans que transforma qualquer jeans e camiseta branca em um look bacana. Muito mais interessante, né? Além disso, pra “estar na moda” há que se investir dinheiros, muitos dinheiros inclusive, enquanto que, pra ter estilo, você não precisa de 1 moedinha sequer. Te juro! Basta treinar seu olhar e exercitar, exercitar, exercitar… E viva a democracia, né, meu povo?

Estilo

Longe de mim condenar quem adora uma tendencinha. Muito pelo contrário! Eu mesma fico louca a cada nova temporada de moda, desejando tudo ao mesmo tempo agora e acho super importante esse interesse e a vontade de se manter por dentro. O que eu não acho legal é a gente dizer amém pra cada decreto fashion e precisar refazer o closet a cada 6 meses, afinal, dinheiro não cresce em árvore, e mesmo se crescesse, moro em um apê tão pequeno que não teria onde plantar uma.. Rs!

frases

Por isso, a partir de hoje, pretendo aparecer por aqui com algumas dicas de estilo, dividir com vocês meu olhar, minhas experiências na área e acabar com aquela história de “não tenho roupa”. Que tal?

E aí, o que vocês acharam? Ficaram animadas com a proposta ou estão atirando tomates virtuais em mim neste momento? (o que não deixa de ser um luuusho, com o preço do tomate pela hora da morte… rs!) Me contem, estou louca pra saber!

Bisou bisou!

Anúncios

7 pensamentos sobre “I don’t wanna be fashion, I wanna be cool!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s